Yang Tsé recebeu 33 bilhões de toneladas de águas residuais em 2009

O terceiro rio mais longo do mundo será a coluna vertebral do maior projeto de transposição da China

EFE |

Getty Images
Água poluída flui ao Yang Tsé: um dos maiores rios do mundo está contaminado
O rio mais longo da Ásia e da China, o Yang Tsé, foi poluído em 2009 com 33 bilhões de toneladas de águas residuais, segundo o porta-voz do Comitê de Recursos Hídricos do Rio Yang Tsé, Xu Deyi, citado nesta terça-feira (21)  pela agência oficial de notícias "Xinhua".

O rio, o terceiro mais longo do mundo após o Amazonas e o Nilo, cujo curso, de mais de seis mil quilômetros, passa unicamente pela China, sofre a poluição de águas residuais há décadas. Nos anos 70 foram derramadas cerca de 9,5 bilhões de toneladas, nos 80 aproximadamente 15 bilhões e entre meados e final dos anos 90 o volume chegou a 20 bilhões.

O Yang Tsé será a coluna vertebral do maior projeto de transposição da China, já que suas águas serão desviadas rumo ao árido norte do país, em projeto que vai causar o deslocamento de cerca de 330 mil moradores das províncias centrais de Hubei e Henan até 2014.

Este é o maior despejo que vive a China depois da construção da represa das Três Gargantas, que, em 18 anos, até 2008, fez com que 1,4 milhões de pessoas saíssem de suas casas.

A escassez e contaminação das águas é um dos problemas mais graves enfrentados pela China, um dos países mais poluídos do mundo.

    Leia tudo sobre: Yang Tsériopoluiçãochina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG