Vírus humano ameaça gorilas em Ruanda

Pesquisadores encontraram vestígios do Metapneumovírus em necropsia de animais. Há apenas 786 gorilas-das-montanhas na natureza

iG São Paulo |

AP Photo/Riccardo Gangale
Na imagem, Kampanga, um dos gorilas que vivem no Parque Nacional de Vulcões, em Ruanda
Pesquisadores descobriram que um vírus mortal, que causam doenças respiratórias nos seres humanos, podem ser transmitido para gorilas-das-montanhas. A espécie, que habita a África Central, está ameaçada de extinção.

Pesquisadores que realizavam estudos no Parque Nacional dos Vulcões, em Ruanda, disseram afirmaram ter encontrado vestígios do Metapneumovírus humano na necropsia de dois gorilas que mortos em 2009.

Os dois animais estavam em um grupo de 12 gorilas infectados por doença respiratória.

Há apenas 786 gorilas-das-montanhas no estado selvagem. Eles vivem em Ruanda, Uganda e na República Democrática do Congo.

O estudo, realizado por pesquisadores de diversas instituições, incluindo a Universidade de Columbia e da Universidade da Califórnia, foi publicado terça-feira (29) no periódico científico Emerging Infectious Diseases Journal publicado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

(Com informações da AP)

    Leia tudo sobre: gorilas-das-montanhasconservação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG