Chevron afirma ter achado vazamento em campo operado por Petrobras

Empresa identificou novo vazamento enquanto investigava campo vizinho ao poço Roncador, na bacia de Campos

Reuters |

O vazamento de petróleo em Roncador , campo operado pela Petrobras, foi descoberto pela Chevron, disse a companhia norte-americana em email enviado à Reuters.

"A Chevron Brasil identificou um novo pequeno vazamento em 7 de abril. Ao investigar mais com um veículo operado à distância, foi verificado que o ponto do escoamento estava fora do limite do campo de Frade. Notificamos o operador da concessão do achado", disse a companhia.

O poço de Roncador é vizinho ao de Frade, ambos na bacia de Campos.

A Chevron está com suas operações no Brasil temporariamente suspensas por conta de dois vazamentos ocorridos no campo de Frade, o primeiro em novembro do ano passado e o mais recente em março.

O Ministério Público abriu dois processos contra a Chevron, a operadora de sondas Transocean pedindo indenizações de 20 bilhões de reais em cada um, pelos dois derramamentos.

A Justiça brasileira também acusa 17 empregados das duas companhias de omissão e negligência no vazamento de novembro, e recolheu seus passaportes e os impediu de sair do país. O processo estipula prisão de até 31 anos para as pessoas físicas.

Leia mais:
ANP informa novo vazamento de óleo na Bacia de Campos, no RJ
ANP diz que há novo vazamento da Chevron na Bacia de Campos

Em Frade a Petrobras é sócia da Chevron e detém 30 por cento do consórcio, mas a estatal brasileira não é citada como ré em nenhum dos processos judiciais abertos pelos vazamentos.

As evidências de um outro vazamento na bacia de Campos chamou a atenção do Ministério Público, que disse que está expandindo sua investigação para outras empresas que atuam lá.

"Eu vou olhar isso com muito cuidado", disse Eduardo Santos de Oliveira, procurador que acusa a Chevron e a Transocean, por telefone. "É muito perto do Frade".

Roncador
Na noite de segunda-feira a Petrobras e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) comunicaram que foi detectado vazamento de gotículas de óleo a partir do solo marinho do campo de Roncador, operador pelo Petrobras.

Segundo a ANP, na segunda-feira não havia sido detectada mancha na superfície do mar.

A agência informou que o ponto do vazamento no Campo de Roncador foi localizado a partir de inspeções submarinas e que está situado a cerca de 500 metros da fronteira com o Campo de Frade.

"Foram coletadas amostras do óleo do Campo de Roncador, com o objetivo de identificar a origem do vazamento. Os resultados devem ser obtidos em até 48 horas", afirmou a agência, em comunicado.

    Leia tudo sobre: chevronvazamentopetróleoroncador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG