Vazamento em Angra dos Reis está controlado, diz Inea

Segundo instituto, 10 mil litros de óleo vazaram de navio que faz manutenção na Bacia de Campos; óleo já está diluído

Agência Brasil |

A presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, divulgou nota neste sábado (17) para informar que o vazamento de 10 mil litros de óleo do navio FPSO Cidade de São Paulo, da empresa Modec, que faz trabalho de manutenção na Bacia de Campos, está controlado.

Acidente da Chevron: Óleo do vazamento vai para galerias pluviais de Duque de Caxias

De acordo com o Instituto, as equipes de emergência sobrevoaram pela manhã o local do acidente, próximo à Ilha Grande, em Angra dos Reis, e constataram que “o óleo está diluído e não tem mais condições de ser recolhido, motivo pelo qual será feita a dispersão mecânica”.

O instituto informou que recebeu nesta sexta-feira (16) informações do acidente, que foi provocado por falha humana. O navio estava se dirigindo ao estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis, para manutenção. A empresa, conforme a legislação, deverá ser multada pela Capitania dos Portos devido ao acidente.

Chevron pode pagar R$ 260 milhões em multas

O Inea garantiu que vai continuar monitorando o trabalho e a trajetória da mancha. O órgão alertou que os técnicos identificaram uma grande quantidade de material orgânico nas praias da zona sul, devido à forte chuva de sexta-feira, e orientou a população a evitar o banho de mar nessas áreas por 24 horas, após a ocorrência de chuvas.

    Leia tudo sobre: acidentevazamentoóleo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG