TEDx Amazônia fala de como conviver melhor

Tarde de sábado foi dedicada ao tema

Alessandro Greco, especial para o iG |

Precisamos resolver uma um conflito de interesses. Somos deuses ou uma espécie animal”. A provocação do economista Hugo Penteado pontua bem o que foi a tarde de sábado (6) do TEDx Amazônia. “O planeta não tem o menor interesse na gente. Nós é que temos de negociar com ele para continuar aqui”, colocou ele.

Antes dele Paul Bennett, diretor criativo da IDEO, consultoria de design e inovação que é considerada
uma das 25 empresas mais inovadoras do mundo já havia falado da interdependência, da necessidade que temos um dos outros resumida na frase: “precisamos um do outro. Entenda. O tempo está passando”.

Esta via de duas mãos foi mostrada também pelo biólogo Paulo Arruda que explicou que 40 dos medicamentos mais vendidos do mundo vem da natureza. “A natureza tem uma quantidade de soluções para nossos problemas. Precisamos apenas entender como”, afirmou após explicar a importância de se decodificar o genoma de um microorganismo que destrói as laranjas do qual foi um dos líderes e se tornou a primeira pesquisa brasileira a ser capa da revista Nature.

Leia mais:
TEDx Amazônia mostra desafios atuais e suas possíveis soluções
Começa o TEDx Amazônia

    Leia tudo sobre: amazôniaTEDconferência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG