Supermercado é obrigado a fornecer sacolas biodegradáveis gratuitamente

Procon afirma que na ausência de opção gratuita, estabelecimento deverá prover a sacola biodegradável

iG São Paulo |

AE
Supermercados passam a cobrar por sacolas
A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) afirmou que os supermercados de São Paulo devem oferecer gratuitamente a sacola biodegradável para os consumidores. Em nota, o Procon destacou que na ausência de opção gratuita para que o consumidor possa concluir sua compra, o estabelecimento deverá fornecer gratuitamente a sacola biodegradável para que os consumidores possam finalizar sua compra de forma adequada, em respeito ao Código de Defesa do Consumidor (CDC).

De acordo com o Procon  “a medida ser adotada pelo tempo necessário à desagregação natural do hábito de consumo”.

Leia mais:
Supermercados de São Paulo deixam de fornecer sacolas de plástico
Decida qual é o tipo de sacola ideal

Desde o dia 25 de janeiro, um acordo voluntário entre a Associação Paulista dos Supermercados e o governo do Estado fez com que os supermercados do Estado deixassem de fornecer gratuitamente sacolas de plástico.

Infográfico: Veja pontos de reciclagem de lixo em São Paulo

No lugar das sacolas plásticas, os estabelecimentos passaram a vender sacolas biodegradáveis compostáveis feitas de amido de milho e sacolas reutilizáveis (a R$ 0,20). Os supermercados também se comprometeram a disponibilizar caixas de papelão.

Leia também: Fabricantes de sacolas "verdes" reduzem custos e brigam por mercado milionário

    Leia tudo sobre: supermercadosacolas plásticassacolinhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG