Subprocurador dos EUA diz que BP pagará por danos

O vazamento ameaça os ecossistemas locais e outros recursos naturais do país

AFP |

O governo americano tomará medidas para garantir que os responsáveis pelo derramamento de petróleo no Golfo do México "paguem pela devastação que causaram", anunciou nesta terça-feira o subprocurador de Justiça dos EUA, Thomas Perrelli.


"A administração examinará todas as vias legais para garantir que os responsáveis por esse desastre paguem pela devastação", informou Perrelli ante um grupo de membros influentes do Senado.

"Nosso mandato consiste em assegurarmos a recuperação de cada centavo gasto com esta catástrofe", declarou ante o Comitê de Energia e Recursos Naturais do Senado.

Perrelli destacou que a administração do presidente Barack Obama apoiou "um aumento significativo da responsabilidade das companhias offshore de petróleo e gás cujas ações contaminam nossos oceanos e costas e ameaçam nosso ecossistema e outros recursos naturais".

Certos legisladores americanos querem aumentar as sanções financeiras às empresas que contaminam o meio ambiente, subindo do teto de 75 milhões de dólares para 10 bilhões de dólares.

Entretanto, outros setores advertem que aumentar muito este valor pode penalizar seriamente pequenas ou médias empresas.

"Acredito que precisamos de certo tempo para termos certeza de que construiremos uma boa política a esse respeito", disse a republicana Losa Murkowski, acrescentando que uma legislação muito estrita pode ter repercussões sobre "a estrutura da indústria petroleira offshore e o número de participantes no mercado".

    Leia tudo sobre: vazamentopetróleogolfo do méxicoeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG