População de gorilas aumenta na África Central

Número dos primatas, ameaçados de extinção, cresceu 25% em sete anos

AFP |

AFP
Filhote de gorila com sua mãe ao fundo: iniciativas de conservação têm tido resultado
A população de gorilas de montanha registrou um aumento de 25% em sete anos na cadeia montanhosa de Virunga, uma de suas principais zonas de habitat na África Central, segundo um censo realizado pelas autoridades dos três países da região.

A maioria dos gorilas de montanha vive na cadeia vulcânica de Virunga, que abriga três parques nacionais contíguos, repartidos nos territórios de Ruanda, Uganda e República Democrática do Congo (RDC).

A população dos gorilas de montanha ( Gorilla beringei beringei) , em perigo de extinção, passará de 380 exemplares em 2003 a 480 em 2011, segundo os resultados do censo publicados nesta terça-feira.

Este estudo foi financiado por organizações protetoras do meio ambiente nacionais e internacionais.

"O aumento do número de gorilas de montanha mostra que estamos colhendo os frutos de nossos esforços cotidianos por conservar a espécie na cadeia montanhosa de Virunga", afirmou Rica Rwigamba, da Agência Ruandesa de Desenvolvimento.

A população mundial da espécie soma 786 exemplares.

Os gorilas de montanha são a principal atração turística de Ruanda e geram importantes rendas para Uganda.

    Leia tudo sobre: gorilasconservaçãoáfrica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG