Petróleo no Golfo de México chega a Louisiana

Acidente ameaça ser uma das maiores catástrofes ambientes na costa dos Estados Unidos

AFP |

O vazamento de petróleo no Golfo do México alcançou na noite de quinta-feira a costas do Estado da Louisiana, sul dos Estados Unidos, anunciaram as autoridades locais, no que ameaça ser uma das maiores catástrofes ambientais da região .

Billy Nungesser, chefe da administração da localidade de Plaquemines Parish, na Louisiana, declarou que a mancha de petróleo - originada em uma plataforma do grupo britânico BP que afundou em 22 de abril - alcançou a costa, reserva de fauna, perto da foz do rio Mississippi.

A mancha não demorou a alcançar à costa, ameaçando o frágil ecossistema, apesar dos esforços para impedir o avanço realizados pela Guarda Costeira e o grupo British Petroleum (BP) .

O governador da Louisiana, Bobby Jindal, declarou estado de emergência e o presidente Barack Obama ofereceu todos os recursos disponíveis, incluindo os militares, para evitar uma catástrofe ambiental.

O vazamento foi declarado desastre de importância nacional, o que libera recursos federais para as ações de emergência. O anúncio foi precedido pela descoberta de um novo despejo de petróleo, que joga no mar mais de 5 mil barris (800 mil litros) por dia .

A secretária de Segurança Interna, Janet Napolitano, insistiu que a BP, que administrava a plataforma de prospecções que explodiu e afundou na semana passada, é responsável pelo vazamento e exigiu uma reação rápida da empresa.

Navios da Guarda Costeira e da BP conseguiram cercar com barreiras flutuantes parte da camada para atear fogo e evitar que alcançasse a costa. Mas incendiar a mancha de óleo traz novos problemas ambientais, já que provoca grandes nuvens de fumaça negra tóxica e deixa resíduos oleosos no mar.

Os outros estados da região - Flórida, Alabama e especialmente Mississippi - temem que a maré negra afete suas praias e contamine as zonas pesqueiras, cruciais para a economia local.

AFP
Imagem mostra pássaros cercados por óleo em ilha próxima ao sul de Louisiana

    Leia tudo sobre: plataforma de petróleovazamentogolfo do méxicoEUA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG