Petrobrás afirma que vazamento de gás em plataforma foi “mínimo”

De acordo com estatal, vazamento na plataforma P-40 na Bacia de Campos ocoreu em local isolado e está sendo monitorado

Agência Brasil |

Um vazamento de gás foi detectado na plataforma P-40, da Petrobras, instalada na Bacia de Campos, no norte do estado do Rio de Janeiro. Em nota divulgada hoje (26), a estatal informou que o vazamento é “de quantidade mínima” e que não há risco de explosão ou aos trabalhadores da unidade.

De acordo com a Petrobras, o vazamento, que ocorre em local isolado da plataforma, está sendo monitorado por sensores. “Logo que o vazamento foi identificado foi feita análise de risco, cujas conclusões foram discutidas e aceitas pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Técnicos da empresa estão providenciando o reparo, no local”, diz a nota.

Leia também:
Gabrielli evita comentários sobre arcar com parte das multas
Chevron diz que ANP não fez 'boa discussão técnica'
Vazamento da Chevron pode ser 10 vezes maior que o anunciado

O vazamento foi divulgado pelo Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF) no site da entidade. A nota, publicada ontem (25), diz que o problema foi detectado durante a madrugada em um local que está em reparo provisório desde 2010.

“Os trabalhadores defendem a parada da produção da plataforma. Para o sindicato, esta providência deveria ter sido tomada imediatamente após a identificação do vazamento, seguindo o preceito da segurança segundo o qual, ‘na dúvida, pare’", diz a nota.

Procurada pela Agência Brasil, a diretoria do Sindipetro-NF não atendeu os telefonemas.

    Leia tudo sobre: vazamentogáspetrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG