De acordo com embaixada americana, poluição na capital chinesa superava nível "perigoso", o mais grave do índice

Poluição do ar de Pequim atingiu nível máximo
AP
Poluição do ar de Pequim atingiu nível máximo
Uma poluição tão forte que não pôde ser medida cobriu a cidade de Pequim na segunda-feira e provocou o atraso ou cancelamento de mais de 150 voos, mas as autoridades locais consideravam a qualidade do ar "boa".

Segundo o site do aeroporto internacional de Pequim, o segundo mais movimentado do mundo, 155 pousos e decolagens foram adiados ou anulados.

Leia mais:
Poluição atmosférica deprime e reduz capacidade de aprender
Vida urbana afeta cérebro humano, diz estudo
Poluentes do ar alteram células do sistema nervoso
Poluição de carros provoca danos ao cérebro, diz estudo

A embaixada dos Estados Unidos, que calcula de maneira independente a qualidade do ar, informou que a poluição na capital chinesa superava na manhã de segunda-feira o nível "perigoso", o mais grave em seu índice.

A Agência do Meio Ambiente de Pequim considerou "boa" a qualidade do ar da capital, mas as autoridades chinesas são acusadas regularmente de subestimar o risco da poluição .

A nuvem de contaminação, que reduziu consideravelmente a visibilidade, se dissipou em boa parte durante o período da tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.