Pelo menos 81 cidades brasileiras apagarão luzes durante Hora do Planeta

Evento de conscientização sobre aquecimento global, organizado pela ONG WWF, acontece no próximo sábado

EFE |

Pelo menos 81 cidades brasileiras apagarão neste sábado as luzes de seus principais monumentos durante uma hora para se somar à Hora do Planeta, uma campanha da organização ambientalista WWF para mostrar o apoio global à luta contra a mudança climática.

A iniciativa deixará às escuras pontos turísticos, como o Cristo Redentor, a praia de Copacabana, o Jardim Botânico de Curitiba, o paredão da hidroelétrica de Itaipu, a estátua de Iracema de Fortaleza e o estádio Pacaembu de São Paulo.

Além das 81 cidades que já formalizaram sua participação na iniciativa, entre elas 14 capitais, outra dezena pode entregar nesta sexta-feira o documento de adesão com a lista de monumentos que deixarão às escuras entre as 20h30 e 21h30, informaram os organizadores.

A grande novidade este ano no Brasil será o espetáculo musical que a Prefeitura do Rio de Janeiro oferecerá nos Arcos da Lapa para dar-lhe um maior destaque a sua adesão e que contará com artistas como Tony Garrido e as orquestras de quatro das principais escolas de samba que encorajam o Carnaval da cidade.

Participam do evento a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira, e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que apagarão simbolicamente as luzes de toda a cidade.

Entre as instituições que aderiram formalmente à "Hora do Planeta" este ano figuram a Frente Parlamentar Ambientalista da Câmara dos Deputados e a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, que incentivou seus 2.400 associados a divulgar notícias sobre a iniciativa.

"A Hora do Planeta 2011", com a qual WWF pretende envolver mais de 1 bilhão de pessoas e mobilizar a 3.800 cidades do mundo, terá amanhã atividades em pelo menos 131 países e em 26 grandes cidades, entre elas São Paulo e Rio de Janeiro.

As outras capitais brasileiras que deixarão seus principais monumentos no escuro são Aracaju, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Natal, Palmas, Recife, Rio Branco, Teresina e Vitoria.

    Leia tudo sobre: hora do planetawwfmeio ambiente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG