Interrogatório faz parte de uma investigação sobre o risco de prospectar petróleo em águas profundas do mar do Norte

Parlamentares britânicos irão interrogar na semana que vem o executivo-chefe demissionário da BP, Tony Hayward, como parte de uma investigação sobre os riscos de prospectar petróleo em águas profundas do mar do Norte.

O recente vazamento de petróleo em um poço da BP no golfo do México despertou uma preocupação global com os perigos de fazer perfurações em águas cada vez mais profundas.

Produtores de petróleo no mar do Norte tentam convencer o governo britânico de que o Reino Unido não precisa de uma moratória na prospecção, como a adotada pelos EUA após o acidente.

A Noruega já suspendeu novos projetos petrolíferos em alto mar enquanto as causas do acidente no golfo do México são investigadas.

Em nota, a Comissão de Energia e Mudança Climática da Câmara dos Comuns (deputados) disse que Hayward será ouvido na quarta-feira da semana que vem, junto com dois outros executivos da empresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.