Pantanal perde 2,82% de sua área em sete anos

Brasília, 7 jun (EFE).- O Pantanal perdeu 4.

EFE |

Brasília, 7 jun (EFE).- O Pantanal perdeu 4.279 quilômetros de área vegetal entre 2002 e 2008, área que corresponde a 2,82% de sua superfície total, informou nesta segunda-feira o Ministério do Meio Ambiente. A taxa média anual de desmatamento do bioma, que se estende pelos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, foi de 713 quilômetros quadrados, 0,47% do total, segundo dados do sistema de detecção de desmatamento, divulgados em entrevista coletiva pela ministra Izabella Teixeira. Os dados fazem com que o Pantanal, que tem uma área de 151.313 quilômetros quadrados, seja o segundo ecossistema brasileiro com maior taxa de desmatamento nestes sete anos, segundo comunicado. A ministra apontou como principais causas da destruição a produção de carvão de origem vegetal para o abastecimento da indústria siderúrgica e a extensão de áreas dedicadas a pastos. O diretor de Proteção Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Luciano Evaristo, disse que está prevista a implantação de 10 operações estratégicas contra o desmatamento nas áreas mais afetadas antes do fim do ano. A ministra também se referiu ao desmatamento na Amazônia, o principal bioma do país, que o Brasil compartilha com outros sete países. Segundo os dados do Ministério, a taxa de desmatamento na Amazônia caiu 48% entre agosto de 2009 e abril deste ano em comparação com os mesmos meses do período anterior. No entanto, apesar de a taxa global acumulada ter descido, nos meses de março e abril deste ano foram perdidos 52 quilômetros quadrados de massa florestal, ou seja, 49 quilômetros quadrados a mais que nos mesmos meses de 2009. EFE mb/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG