Países avançam em direção a acordo para "Fundo Verde"

O fundo pretende supervisionar bilhões de dólares para ajudar países em desenvolvimento a implantar projetos de energia renovável

Reuters |

Quase 50 nações fizeram progressos na sexta-feira (3) em direção ao acordo para um "Fundo Verde" a fim de ajudar os países pobres a combater o aquecimento global. O México, no entanto, advertiu que um acordo final apenas poderá entrar em vigor como parte de um pacto climático mais amplo.

Ministros do Meio Ambientes e autoridades presentes em Genebra, na Suíça, também afirmaram que qualquer acordo selado na reunião da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o clima, que ocorrerá entre 29 de novembro e 10 de dezembro em Cancún, no México, ficará aquém de um tratado amplo da ONU, com validade legal.

Se os textos forem aprovados em Cancún, os países podem decidir transformá-los em tratado em uma data posterior, talvez em 2011.

"Achamos que seremos capazes de criar o Fundo Verde na conferência de Cancún", disse a ministra das Relações Exteriores do México, Patricia Espinosa, após as negociações ocorridas entre 2 e 3 de setembro entre 46 países em Genebra, coorganizadas por Suíça e México.

O fundo deverá supervisionar bilhões de dólares para ajudar os países em desenvolvimento a passar dos combustíveis fósseis para as fontes de energia renovável, como a energia solar ou eólica, e auxiliar na adaptação para enfrentar mais enchentes, secas, deslizamentos e a elevação do nível do mar.

Espinosa afirmou, porém, que qualquer acordo para lançar o Fundo Verde teria de integrar um pacote maior em Cancún, incluindo formas de compartilhar tecnologias de energia limpa e proteger as florestas, que absorvem carbono.

"É importante que todo mundo saiba que este é uma negociação em pacote", disse ela em uma entrevista coletiva, acrescentando que isso significa que todos os elementos deveriam ser aprovados, ou nenhum. Ela afirmou que estava "animada com o nível de convergência" das conversações de Genebra.

Os ministros discutiram na cidade suíça formas de garantir que as nações ricas, afetadas pela crise mundial, mantenham a promessa feita na cúpula de Copenhague em 2009 para doar aos países pobres 30 bilhões de dólares em assistência climática "nova e adicional" entre 2010 e 2012.

    Leia tudo sobre: meioambientefundo verde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG