Mancha de óleo chega até a praia de Tramandaí, no litoral Norte do Estado

Vista aérea de mancha de óleo proveniente de vazamento da Transpetro na praia de Tramandaí, no litoral norte do Rio Grande do Sul
AE
Vista aérea de mancha de óleo proveniente de vazamento da Transpetro na praia de Tramandaí, no litoral norte do Rio Grande do Sul
Um vazamento de óleo ocorreu nesta quinta-feira (26) no Terminal Osório da Transpetro, em Tramandaí, no Rio Grande do Sul. De acordo com nota divulgada pela companhia, o problema aconteceu na manhã desta quinta-feira em uma “monoboia, durante operação de descarregamento de um navio”.

Segundo a subsidiária de logística e dutos da Petrobras, ainda não foi possível quantificar o volume de óleo derramado. As causas do incidente estão sendo investigadas, disse a companhia em nota.

Os órgãos ambientais, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Capitania dos Portos foram comunicados, e o Centro de Defesa Ambiental (CDA) foi acionado para iniciar os trabalhos de contenção e remoção do produto.

O órgão ambiental do Rio Grande do Sul, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam), informou que enviou uma equipe ao local para estudar o derramamento. Mas ainda não há mais detalhes sobre o tamanho do vazamento ou se a mancha de óleo estaria indo em direção às praias.

Leia mais:
Vazamento de petróleo no mar da China é ainda pior que o esperado
ANP prepara mais uma punição contra Chevron
Óleo do vazamento vai para galerias pluviais de Duque de Caxias
Chevron diz que ANP não fez 'boa discussão técnica'

O centro de Emergência da Fepam disse que só seriam dadas mais informações após um sobrevoo à região e reuniões junto à Transpetro.

O óleo já atingiu a Praia de Tramandaí, a mais frequentada pelos turistas no litoral gaúcho.

(Com informações da Reuters e da Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.