Obama: valor do fundo a ser criado pela BP não é um teto

Montante para indenizar vítimas do vazamento de óleo pode aumentar caso necessário

AFP |

Os 20 bilhões de dólares que a BP aceitou colocar de lado para indenizar as vítimas da maré negra do Golfo do México não representam "um teto", declarou nesta quarta-feira o presidente americano Barack Obama, após discussões consideradas "construtivas" com a direção da empresa.

O presidente também anunciou um depósito, por parte da empresa, de 100 milhões de dólares para os trabalhadores no setor, demitidos por causa do desastre ambiental.

"Estou feliz em anunciar que a BP aceitou criar um fundo de 20 bilhões de dólares para arcar com as indenizações e os juros pelos danos ligados à mancha de óleo", declarou Obama durante breve pronunciamento no Jardim das Rosas da Casa Branca.

"Este dinheiro constitui garantia importante de que as demandas de reparação por parte de pessoas e empresas serão honradas. É importante, também, insistir no fato de que essa verba não é um teto", explicou.

    Leia tudo sobre: BPvazamentodesastre ambiental

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG