Obama afirma que trabalho não acabou no Golfo do México

Presidente dos Estados Unidos pediu rapidez nos processos de compensação movidos por moradores das regiões afetadas por vazamento

AFP |

O presidente americano Barack Obama prometeu não abandonar os moradores da costa do Golfo de México, devastada por um gigantesco vazamento de petróleo, ao afirmar que o trabalho não acabou, em uma visita neste sábado à região.

Divulgação/Casa Branca
Obama: trabalho ainda não terminou no Golfo
"Hoje, o poço (que provocou o vazamento) está tapado", disse Obama ao discursar na sede da Guarda Costeira em Panama City, um balneário do estado da Flórida que teve as praias afetadas pela maré negra, provocada após a explosão no fim de abril de uma plataforma da petroleira britânica BP.

"O petróleo já não vaza para o Golfo, e não vaza há um mês. Mas estou aqui para dizer a vocês que nosso trabalho não terminou, e não iremos a nenhum lugar até que esteja concluído", completou o presidente, que passa o fim de semana no noroeste da Flórida para demonstrar solidariedade com a região.

Obama também pediu rapidez nos processos das demandas de compensação por parte dos moradores e empresários afetados pelo vazamento de petróleo, que provocou o maior desastre ambiental na história dos Estados Unidos.

Ele advertiu que os atrasos nos pagamentos serão "inaceitáveis".

    Leia tudo sobre: vazamentobpmanchagolfo do méxicoobama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG