No C40, prefeita anuncia que Paris terá aluguel de carros elétricos

Sistema vai funcionar da mesma maneira que o aluguel de bicicletas na capital francesa

Fernanda Simas, iG São Paulo |

Paris, famosa cidade luz e reconhecida na Europa como uma das cidades que conseguiu implantar o uso de bicicletas como meio de transporte, vai oferecer para a população a partir de outubro deste ano o Autolib (Carro Livre), sistema de aluguel de carros elétricos. O sistema funciona da mesma maneira que o Vélib (Bicicleta Livre) de aluguel de bicicletas: as pessoas vão até uma estação, pagam a quantia estabelecida e retiram o carro. Depois é só devolverem no mesmo local.

Serão três mil automóveis, com espaço para até quatro pessoas espalhados por estações em toda Paris, mas a quantidade de estações ainda não foi definida. Os carros funcionam a bateria e as pessoas podem usá-los por quanto tempo precisarem.

A prefeita da cidade, Anne Hidalgo, explicou que essa é mais uma etapa do processo iniciado em 2001 que tem a intenção de diminuir o tráfego na cidade. “Esses três mil carros vão substituir 15 mil carros particulares”, ressaltou Anne.

Segundo ela, as pessoas pagarão em torno de nove euros para alugarem o carro elétrico por um período de meio dia. A empresa Bolloré é a responsável por desenvolver esse projeto e vai arcar com os custos, incluindo o que for gasto com as baterias.

Bicicletas elétricas

Em Paris, já são disponibilizadas 20 mil bicicletas para aluguel, sendo que a cada 300 metros é possível encontrar uma estação de locação. Mas, segundo a prefeita Anne Hidalgo, existem pessoas mais velhas que não conseguem se exercitar tanto e subir ladeiras pedalando. Para esse público, há um incentivo governamental pela compra de bicicletas elétricas. Quem deseja comprar uma recebe um desconto de 400 euros, garantido pelo governo

    Leia tudo sobre: c40pariscarros elétricosparis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG