Mulher de 90 anos perde a perna em ataque de jacaré nos EUA

Animal saiu de dentro de canal e se lançou sobre idosa

BBC Brasil |

selo

Getty Images
Cerca de cinco pessoas são mordidas por jacarés a cada ano na Flórida
Uma mulher de 90 anos do Estado americano da Flórida teve sua perna amputada após ter sido atacaca por um jacaré perto de sua casa.

Na última quarta-feira(31), o réptil de 2,4 metros saiu de um canal e atacou Margaret Webb, na região rural de Copeland.

Um vizinho que passava pelo local viu o ataque e atirou contra o jacaré, que se arrastou para longe, deixando a perna da idosa quase decepada.

Ela foi levado para um hospital na cidade de Naples, onde permanece em estado crítico.

Dwain Daniels, um vizinho de Margaret, disse ao jornal Naples Daily News que ele fez um disparo de rifle, acertando o olho direito do jacaré.

Trabalhadores locais iniciaram buscas para tentar encontrar o animal na região rural pantanosa do Everglades, que é habitat de muitos jacarés, mas não tiveram êxito.

"Quando uma pessoa é mordida, a nossa prioridade é remover o jacaré suspeito", disse Gabriela Ferraro, porta-voz da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida.

A caça ao jacaré foi suspensa na última quinta-feira.

O animal, que pode estar ferido ou mesmo morto, também pode ter sido levado para longe por uma corrente'', afirmou Ferraro.

Uma média de cinco pessoas são mordidas por jacarés a cada ano na Flórida.

    Leia tudo sobre: internacional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG