Campanha de ONG pede que pessoas apaguem as luzes por uma hora para se conscientizar sobre mudanças climáticas

Las Vegas às escuras, em 2010, durante a Hora do Planeta
AP
Las Vegas às escuras, em 2010, durante a Hora do Planeta
 Da Acrópole de Atenas ao nova-iorquino Empire State, passando pelo Cristo Redentor e a Opera House de Sydney, lugares emblemáticos de todo o mundo apagarão suas luzes neste sábado durante uma hora para fazer um alerta sobre a mudança climática.

Além dos cidadãos que participarão da iniciativa da organização Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) apagando as luzes de suas casas, cerca de 4 mil cidades de 130 países anunciaram sua intenção de aderir à denominada Hora do Planeta, marcada para entre as 20h30 e as 21h30 do horário local.

Na Europa, ficarão às escuras monumentos tão emblemáticos como a Acrópole grega, o Portão de Brandemburgo, em Berlim, e o relógio londrino Big Ben, além da Torre de Pisa.

No Brasil, pelo menos 81 cidades apagarão as luzes de seus principais pontos turísticos, como o Cristo e a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, o Jardim Botânico de Curitiba, a hidrelétrica binacional de Itaipu, a estátua de Iracema, em Fortaleza, e o estádio Pacaembu, em São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.