Modelo de fundo climático está pronto, diz dirigente da ONU

Christiana Figueres afirmou que Fundo do Clima Verde envolve também o setor privado

Reuters |

Um comitê da ONU concluiu o esboço de um fundo destinado a ajudar os países em desenvolvimento a enfrentarem a mudança climática, o que permitirá o seu lançamento em 2013, disse nesta sexta-feira (21) a principal dirigente da ONU para questões climáticas.

Países de todo o mundo decidiram no ano passado criar o "Fundo do Clima Verde" de modo a canalizar até 2020 em torno de 100 bilhões de dólares por ano para ajudar os países em desenvolvimento a enfrentarem a mudança climática global.

Leia mais:

Cancún chega a acordo vago e com pendências
Veja cobertura do iG na COP-16
Conheça as principais medidas adotadas em Cancún

Um comitê internacional encarregado de moldar o fundo se reuniu nesta semana na África do Sul, mas algumas organizações acusaram os Estados Unidos e a Arábia Saudita de atrapalharem o processo.

Negociadores de todo o mundo vão discutir e eventualmente aprovar o modelo em uma cúpula climática no mês que vem em Durban - na qual praticamente não há mais chance de que seja selado um novo tratado climático de cumprimento obrigatório, para vigorar a partir de 2013 no lugar do Protocolo de Kyoto.

"O comitê encerrou seu trabalho submetendo à consideração e à aprovação em Durban tanto um esboço de instrumento para o Fundo do Clima Verde quanto recomendações sobre os acordos transitórios para que ele seja lançado", disse Christiana Figueres, secretária-executiva da Convenção Quadro da ONU para a Mudança Climática, em declaração transmitida por email à Reuters.

A proposta, segundo ela, "inclui um forte sinal para envolver o setor privado, e uma sólida base para desenvolver operações impulsionadas pelos países por meio de acesso direto às verbas".

"Uma vez aprovada em Durban, (as recomendações) permitirão que o fundo cresça bem rapidamente, especialmente com a melhora do ambiente financeiro, e estaria aberto o caminho para um estabelecimento bastante rápido do fundo em 2012, e para operações iniciais plenas em 2013," acrescentou ela.

    Leia tudo sobre: MUNDOONUCLIMA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG