Animal de pelo menos três metros teria atacado americano, afirma testemunha. Este é o terceiro ataque no país em dois meses

Um mergulhador americano de 32 anos morreu neste sábado após ser atacado por tubarão no litoral oeste da Austrália. O porta-voz da polícia local, Gerry Cassidy, disse à emissora "ABC" que uma testemunha que navegava pela região deu o alerta sobre o incidente, que ocorreu perto da turística ilha de Rottnest.

Segundo a testemunha, o mergulhador foi vítima de um grande tubarão branco de pelo menos três metros de comprimento. Esta é a terceira morte por ataque de tubarão na Austrália em menos de dois meses.

Em 10 de outubro, um homem de 64 anos morreu atacado por um tubarão em uma popular praia da cidade de Perth, a 18 quilômetros da ilha onde ocorreu o episódio deste sábado. No início de setembro, outro jovem morreu vítima de um tubarão enquanto surfava em uma praia a 250 quilômetros ao sul de Perth.

O grande tubarão branco (carcharadon carcharias) é o maior predador marinho, podendo medir até sete metros de comprimento e pesar quase três toneladas Os ataques de tubarões na Austrália não são comuns. Em 20 anos, ocorreram 24 mortes, uma média de 1,2 mortes relacionadas a tubarões ao ano, conforme dados oficiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.