Lago com águas-vivas inofensivas é atração no arquipélago de Palau

Em habitat sem predadores, animais em lago no Pacífico foram perdendo os veneno ao longo dos anos

BBC Brasil |

selo

Mergulhar em um local infestado de águas-vivas pode ser um pesadelo para qualquer um, mas existe um lago marinho onde os turistas podem fazê-lo sem medo de ser atingidos.

No lago Jellyfish no arquipélago de Palau, no Pacífico, os animais foram ao longo dos anos perdendo seus ferrões, tornando-se inofensivos aos humanos.

O lago foi no passado ligado ao Oceano Pacífico, mas quando o nível do mar baixou, as águas-vivas ficaram isoladas no local, rico em alimentos como algas. Sem risco de predadores, a população de águas-vivas aumentou bastante. Atualmente há cerca de 8 milhões delas no lago.

Leia mais:
Água-viva é muito mais que plasma e veneno
China tem surto de espécie primitiva de água-viva
Cientistas divulgam resultado do censo de vida marinha

O Jellyfish é o único dos lagos marinhos de Palau aberto ao turismo. Ele fica na ilha de Eil Malk, acessível por uma trilha a partir da praia.

O fotógrafo Kevin Davidson, dono de uma pequena loja em Palau, capturou atividades de turistas no lago.

    Leia tudo sobre: geral

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG