Jovem que tingiu gata de rosa vai receber animal de volta

Sociedade Protetora dos Animais, que estava cuidando do felino, devolveu a gata à dona que também tem os cabelos tingidos de rosa

BBC Brasil |

selo

RSPCA
Gato foi entregue à Sociedade Protetora dos Animais
Uma jovem que tingiu sua gata de cor de rosa na Inglaterra com corante alimentício, em um caso que obteve grande repercussão ma mídia britânica, vai receber o animal de volta.

Mas a Sociedade Protetora dos Animais britânica (RSPCA) afirmou que Natasha Gregory, de 22 anos, de Swindon, será informada sobre os riscos potenciais de tingir gatos.

A felina, chamada Oi Kitty, foi encontrada no jardim de uma casa no dia 18 de setembro. O dono do jardim chamou a RSPCA.

Na época, uma porta-voz da RSPCA criticou o tingimento como uma “piada de mau gosto”, e fotos do animal foram parar em vários jornais.Funcionários da organização tentaram lavar a gata de dois anos de idade, mas a cor apenas desbotou ligeiramente.

'Sem crimes'
A dona da gata, Natasha, cujos cabelos são tingidos de rosa e que afirma “adorar” a cor, entrou em contato com a RSPCA e pediu o animal de volta.

“Eu amo minha gata – esta gata é melhor alimentada do que muita gente”, disse ela à BBC. “Eu queria que as pessoas soubessem que ela não foi prejudicada de forma alguma.”

“Não vou fazer de novo – fiquei chocada ao ver minha gata nos noticiários. Achei que nunca mais ia vê-la.”

Uma porta-voz da RSPCA disse que a organização vai visitar Natahsa Gregory para orientá-la sobre cuidados com animais.

“Depois da visita, já que nenhum crime foi cometido e o veterinário confirmou que a gata goza de boa saúde, ela será devolvida à sua dona.”

Ela disse que o pelo da gata agora terá que crescer, para perder a cor.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG