Investimento global em energia limpa vai subir em 2011, diz ONU

Nações Unidas estimam que seja necessário investir R$ 602 bilhões por ano para tornar a energia mais limpa

Reuters |

Os investimentos globais em energia limpa devem alcançar neste ano 240 bilhões de dólares (R$ 401bilhões), puxados principalmente pelas ações de Brasil, China e Índia, disse dirigente da ONU na quarta-feira (23).

O Programa Ambiental da ONU afirma que os investimentos em energias renováveis saltaram de 162 bilhões de dólares (R$ 270 bilhões) em 2009 para 180 a 200 bilhões (R$ 300 a R$ 334 bilhões) em 2010, graças principalmente ao empenho dos três grandes países emergentes.

As energias renováveis - como a solar, eólica e o etanol - vêm ganhando força como forma de proteger os governos contra a elevação dos preços do petróleo.

"Os investimentos podem se aproximar de 240 bilhões de dólares em energia limpa, o que inclui eficiência energética e energia renovável", disse Pavan Sukhdev, chefe da iniciativa de Economia Verde do Programa Ambiental.

A ONU estima que seria necessário um investimento anual de 360 bilhões de dólares( R$ 602 bilhões) para tornar a energia mais limpa.

Sukhdev disse à Reuters que os efeitos adversos da mudança climática global obrigam os países a buscarem formas de reduzir as emissões de gases do efeito estufa e de estimular sistemas menos poluentes.

Ele disse que a ONU recebeu uma verba da União Europeia para ajudar sete países africanos - entre eles Quênia, África do Sul e Burkina Faso - a formularem políticas de transição para uma economia mais consciente do ponto de vista ambiental.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG