Inea multa empresa em R$ 10 milhões por vazamento de óleo

Acidente ocorreu em navio-plataforma perto de Angra dos Reis (RJ)

AE |

selo

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio de Janeiro aplicou multa de R$ 10 milhões à empresa Modec, proprietária do navio-plataforma FPSO Cidade de São Paulo, pelo vazamento de óleo diesel nas proximidades da Ilha Grande, no litoral sul fluminense, perto de Angra dos Reis. O vazamento, ocorrido na sexta-feira, foi estimado inicialmente em 10 mil litros.

Em nota, a Modec informou no início da noite deste sábado que, em sobrevoo realizado pela manhã, em helicóptero cedido pela Petrobras, não foram mais encontradas as manchas de óleo observadas ontem na região próxima ao navio, o que indicaria que a estimativa atual do volume derramado é bastante inferior do que o volume originalmente estimado.

Chevron pode pagar R$ 260 milhões em multas

A empresa, no entanto, identificou vestígios de água oleosa numa região conhecida como "Saco de Mamanguá" nas proximidades do município de Parati.

Desde ontem, encontram-se na área sete barcos contratados da Modec, para monitoramento e eventuais providências no caso de identificação de algum volume de óleo remanescente no local, informa a empresa.

    Leia tudo sobre: vazamentoóleo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG