Incêndios comprometem reservas naturais na Rússia

Parque Nacional é habitat natural de inúmeras espécies protegidas, como a cegonha-preta e a coruja.

EFE |

O Ministério de Natureza da Rússia confirmou nesta terça-feira (5) incêndios em três reservas naturais russas, as mais importantes no Parque Nacional de Meshera, a 200 quilômetros de Moscou, onde quatro focos localizados afetam mais de 18 hectares.

"Neste momento quatro focos estão sendo combatidos no Parque Nacional de Meshera, afetando superfície de 18,42 hectares", assinalou uma pessoa ligada ao Ministério, citada pela agência russa "Interfax".

Meshera já sofreu no domingo (3) com incêndio que expandiu-se por uma superfície de 10 hectares e que pôde ter sido provocado, dizem as autoridades russas.

O Parque Nacional, onde os incêndios poderiam ameaçar a parte central da Rússia com fumaças similares às do verão passado, é além ainda habitat natural de inúmeras espécies protegidas, como a cegonha-preta e a coruja.

Os ecologistas afirmaram que com o vento do leste o cheiro de fumaça já começa ser sentido na capital russa e nos povoados orientais da região de Moscou, da mesma forma que em algumas áreas das regiões de Tver, Vladimir e Ryazan.

Os serviços contra incêndios da Rússia trabalham para extinguir vários focos em outras áreas protegidas do país, na reserva de Baikalo-Leninski (região de Irkutsk) e na reserva de Baical (República da Buriátia), onde o fogo abrange 36 hectares.

    Leia tudo sobre: RÚSSIA INCÊNDIOShabitatparque nacional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG