Idosa sofre raro ataque de canguru na Austrália

Phyllis Johnson, de 94 anos, estendia roupa quando foi atacada por um canguru-vermelho, a maior espécie do marsupial

BBC Brasil |

selo

Getty Images
Um canguru vermelho como os da foto atacou uma senhora de 94 anos em sua casa, em Queensland, na Austrália
Um grande canguru-vermelho atacou uma mulher de 94 anos de idade em Queensland, Austrália. Phyllis Johnson estendia roupa em seu quintal quando foi atacada pelo animal, o maior tipo de canguru que existe.

Os cangurus-vermelhos podem chegar a ter 90 kg e 2 metros de altura. Seus saltos alcançam 9 metros de distância. Eles recebem esse nome por causa da penugem avermelhada. O herbívoro é considerado dócil, e ataques a humanos são raros.

Leia também:
Vídeo: Cientistas estudam mecanismo do pulo do canguru

Canguru invade jardim de casa no oeste da Inglaterra

No caso de Johnson, ela tentou, sem sucesso, se defender com uma vassoura. Ela entrou em casa com dificuldade e chamou seu filho. Este tentou persuadir o animal a ir embora, antes de chamar a polícia, que usou spray de pimenta para conter o canguru.

Johnson está hospitalizada, e os médicos ainda não decidiram se a submeterão a uma cirurgia na perna. A paciente disse que sempre gostou de cangurus e costumava alimentá-los. "Eles eram tão gentis. Não eram tão grandes como este e nunca me atacaram", disse ela.  O canguru está sendo examinado por veterinários, que vão determinar o que deve ser feito com o animal.

    Leia tudo sobre: austráliacangurus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG