Manifestantes simularam um acidente nuclear em frente ao prédio do BNDES

Na véspera do aniversário de 25 anos do acidente de Chernobyl, integrantes do grupo ambientalista Greenpeace  se reuniram em frente ao prédio do BNDES, no centro do Rio de Janeiro, para protestar contra o financiamento da construção da usina nuclear Angra 3. Às nove e meia da manhã desta segunda-feira (25), ativistas vestidos como equipes de resgate dispararam sinalizadores de fumaça, simulando contaminação por radiação.

Ativistas do Greenpeace protestam contra ativação de Angra 3

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.