França convoca caçadores para controlar população de javalis

Enquanto número de javalis aumenta na região, caçadores são cada vez mais raros. Veja o vídeo

BBC Brasil |

selo

A França está convocando caçadores para abater javalis que estão causando danos às plantações do país.

Só no ano passado, estes animais causaram mais de 20 mil acidentes nas estradas do país. Apenas no inverno passado, os caçadores mataram 560 mil javalis, um recorde no país e dez vezes mais do que se matava há 30 anos.

E, além dos prejuízos em fazendas, nos últimos anos, os javalis têm invadindo áreas como cidades e jardins.

Com isso, o governo francês liberou a caça ao javali durante o ano todo, em áreas suburbanas e rurais, durante o dia e a noite.

Antes, a caça ao javali era restrita a certas épocas do ano, assim como todos os outros tipos de caça.

População
Ainda não se sabe a razão para o aumento do número de javalis, mas acredita-se que uma das causas seria o clima mais ameno dos últimos anos.

Dorine Pasqualini, especialista do Departamento Florestal da França, afirma que quando as fêmeas estão com um ano de idade, elas já podem ter filhotes, o que antes só acontecia quando elas chegavam aos dois anos de idade. Ou seja: as fêmeas agora têm mais filhotes e mais cedo.

Outra causa seria o plantio generalizado de milho, algo que os javalis adoram. Com isso, o prejuízo dos fazendeiros chega a milhares de euros por ano.

Existe ainda outro problema: o número de caçadores está diminuindo na França.

Na região da Alsácia, no leste da França, as associações de caçadores investiram em um local de treinamento de tiro para encorajar os futuros caçadores de javali.

A maioria dos caçadores da região é de pessoas ricas com mais de 50 anos. Mas, com os centros de treinamento, as associações agora querem conquistar os mais jovens para a guerra contra o javali.

    Leia tudo sobre: javalicontrole população

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG