Fracassa tentativa de conter de vazamento nos EUA

British Petroleum anunciou que vai tomar uma nova medida para conter vazamento de petróleo - a de cobrir o poço com uma cúpula

iG São Paulo |

O pior vazamento de petróleo da história dos Estados Unidos chegou ao seu 40º dia neste sábado. E as notícias não são boas. A companhia British Petroleum (BP), responsável pelo vazamento de petróleo no Golfo do México, anunciou que a operação para fechar o poço por meio da injeção de fluidos pesados, como lama, não obteve sucesso, e que passará a tentar um novo método.

Reuters
Satélite registra mancha de petróleo causada pelo vazamento
Em entrevista coletiva, o diretor de operações da BP, Doug Suttles, disse que a decisão da adoção de uma nova medida - a de cobrir o poço com uma cúpula - foi tomada após consultas com as autoridades federais.

A operação para tentar conter o vazamento começou na quarta-feira e se consistia em colocar materiais sólidos, como tiras de borracha e bolas de golfe, para tentar "entupir" o poço. A lama jogada desde quarta-feira não conteve o vazamento, mas em alguns momentos reduziu o fluxo.

"Eu não acho que o volume de petróleo que está saindo tenha mudado", disse ele em entrevista à imprensa. "Só de observar, não acreditamos que tenha mudado".

O presidente Barack Obama e o diretor-executivo da BP, Tony Hatward, visitaram seperadamante a região costeira do Golfo na sexta-feira, tentando lidar com uma crise que afeta a credibilidade tanto do governo norte-americano quanto da BP.

Obama enfrenta críticas às quais responde vagarosamente em relação à catástrofe ambiental no Golfo do México e garantiu aos moradores da região durante sua visita de cinco horas que eles "não vão ser deixados para trás".

Hayward visitou o local da explosão em 20 de abril que matou 11 trabalhadores e provocou o vazamento de petróleo, e disse que a gigante de energia precisa de até mais dois dias para determinar se a operação vai conter o fluxo de uma vez por todas.

* com informações da EFE e da Reuters

    Leia tudo sobre: vazamentogolfo do méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG