Flor fedorenta de 1,5 m atrai multidão no Japão

Cientistas dizem que o odor que a flor rara exala serve para atrair insetos, que carregam seu pólen

BBC Brasil |


selo

Milhares de pessoas fizeram fila nesta sexta-feira no Japão para ver uma flor gigante, com um forte fedor, que desabrochou pela primeira vez em 20 anos. Uma das flores mais exóticas do planeta, a Amorphophallus titanum (conhecia como jarro-titã, flor-cadáver ou titan arum, em inglês) tem um 1,5 m de altura e ocorre naturalmente na ilha de Sumatra, na Indonésia.

No Jardim Botânico de Koishikawa, em Tóquio, a última vez que a flor surgiu foi em 1991. Parte da fama vem também do mau cheiro da flor rara. Cientistas dizem que o odor de carne podre que ela exala serve para atrair insetos, que acabam carregando pólen da planta depois de ficarem presos nela.

Uma vez que a flor acaba de desabrochar, as pétalas se fecham e o caule central se quebra, soltando o pólen e os insetos que tinham ficado presos. Funcionários do jardim botânico abriram um pequeno orifício na lateral para coletar pólen e fertilizar uma nova geração de flores.

    Leia tudo sobre: Amorphophallus titanumjapãoflor fedorenta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG