Filhotes abandonados de leão e tigresa são alimentados por cadela

Chamados de "ligres", animais podem crescer mais que os pais e são considerados os maiores felinos do mundo. Veja o vídeo

BBC Brasil |

selo

Estes pequenos felinos de um zoológico no leste da China foram adotados por uma cadela, após terem sido rejeitados por sua mãe pouco depois de nascer. A cadela, que havia acabado de dar a luz, ganhou, então, a missão de alimentá-los.

Mas isso não é o único fator curioso na vida dos filhotinhos: eles são fruto de um acasalamento entre um leão macho e uma tigresa. Por isso são chamados de "ligres". A equipe do zoológico diz à agência Associated Press que, no começo, os "ligres" tiveram dificuldades em beber o leite da cadela, mas agora já se acostumaram.

Apesar das diferenças entre suas espécies, leões e tigres são capazes de acasalar . Os "ligres" acabam crescendo muito mais do que seus pais e são considerados os maiores felinos do mundo.

Leia mais:
Ligres, híbrido de leão e tigre, nascem em zoológico de Taiwan

    Leia tudo sobre: naturezameio ambienteligresleãotigre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG