Festival celebra arte de caçar com águias

Tradição de caçar com a ajuda de águias-douradas persiste no Quirguistão e no Cazaquistão

BBC Brasil |

selo

Um fotógrafo quirguize registrou em uma série de imagens uma águia-dourada caçando um coelho. O pássaro é treinado para ajudar homens nas planícies do Quirguistão e do Cazaquistão.

O fotógrafo Vladimir Voronin, de 51 anos, testemunhou a cena durante um festival tradicional nas planícies da fronteira entre os dois países.

Há décadas, a tradição de caçar com a ajuda de águias-douradas é passada para as novas gerações de tribos da região. As águias são exibidas no festival de Salburun, que acontece anualmente.

Durante o festival, centenas de caçadores das tribos quirguizes e cazaques, vestidos em roupas tradicionais, viajam de cada canto dos dois países para mostrar a habilidade de suas águias treinadas.

Os animais, que tem envergadura de 2,1 metros e chegam a pesar seis quilos, caçam coelhos, raposas, faisões, lobos e chacais durante as festividades.

"Quando um coelho é capturado ele é comido no jantar e a pele é usada para fazer roupas", diz o fotógrafo.

Voronin, que é de Bishkek, no Quirguistão, diz que algumas das melhores fotos de sua carreira estão neste ensaio.

"Conseguir estas imagens foi uma sensação incrível. Eles mostram uma das tradições passadas pelos nossos pais e avós das quais temos mais orgulho."

"Também foi bom ver os pássaros caçando em seu habitat natural. Às vezes esquecemos que é isso o que eles sempre fizeram e o que continuarão fazendo depois de termos desaparecido", diz.

    Leia tudo sobre: natureza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG