Falha geológica teria causado vazamento de óleo na Bacia de Campos

A Chevron Brasil, empresa responsável pelo poço, afirma que volume foi pequeno e não deve chegar à costa do Espírito Santo

AE |

selo

Um vazamento de óleo da empresa Chevron Brasil, de proporções não divulgadas, foi registrado na Bacia de Campos, a 120 quilômetros da costa do Espírito Santo, ontem . O acidente, no campo de Frade (próximo ao campo de Roncador, operado pela Petrobras), deve ter sido causado por uma falha geológica. A Chevron está trabalhando na contenção do material e não acredita que o óleo chegará à costa.

Leia outras notícias sobre vazamentos de petróleo pelo mundo:
ConocoPhillips afirma que limpou 85% do petróleo que vazou no Mar Amarelo
Nova Zelândia anuncia pior catástrofe ecológica marítima do país
Infográfico do iG acompanhou a evolução do vazamento no Golfo do México

Uma fonte do setor petroleiro que teve acesso à notificação do acidente para a Agência Nacional do Petróleo (ANP) garantiu que o volume vazado foi pequeno. A falha geológica estaria a 150 metros do poço injetor que estava sendo perfurado. Não houve paralisação da produção , iniciada em 2009. A Petrobras tem uma fatia de 30% no campo, enquanto o consórcio Frade Japão Petróleo Ltda detém os 18,3% restantes. A ANP irá investigar o acidente.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG