EUA e China acreditam na necessidade de lutar contra aquecimento

Durante encontro com presidente chinês, Obama falou sobre os acordos do clima

AFP |

AP
Presidentes dos EUA, Barack Obama, e da China, Hu Jintao,durante visita do líder chinês à Casa Branca, Washington
O presidente americano, Barack Obama, garantiu nesta quarta-feira (19) que o presidente chinês, Hu Jintao, estava de acordo com ele sobre a necessidade de lutar contra as mudanças climáticas no âmbito de negociações internacionais.

Durante seu encontro com o presidente chinês na Casa Branca, Obama evocou o acordo fechado sobre mudanças climáticas no último mês, durante a Conferência de Cancún (México), assim como o alcançado no encontro de Copenhague no ano passado.

"Os dois maiores consumidores de energia e emissores de gás de efeito estufa, Estados Unidos e China, têm a responsabilidade de lutar contra o aquecimento global construindo a partir dos progressos de Copenhague e Cancún, e mostrando o caminho que leva às energias limpas do futuro", explicou Obama em uma coletiva de imprensa conjunta com Hu.

"E o presidente Hu afirmou que estava de acordo comigo sobre este assunto", disse o americano.

O presidente chinês iniciou nesta quarta-feira uma visita oficial de dois dias aos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: EUAChinaCOP-16aquecimento global

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG