Especialista descarta que iceberg represente perigo para Canadá

A ilha flutuante deverá demorar entre um e dois anos para alcançar o litoral do Canadá. Assista a vídeo com imagens do iceberg

AFP |

O imenso bloco de gelo de mais de 250 quilômetros quadrados que se desprendeu de uma geleira ártica não representa um perigo imediato para a navegação ou a exploração petroleira no Canadá, indicou nesta quarta-feira (11/08) a meteorologista canadense que o descobriu em fotos de satélite.

Apesar de poder ameaçar barcos ou plataformas petroleiras e, inclusive, quebrar-se como está previsto em vários grandes pedaços, o perigo não é iminente: a ilha flutuante deverá demorar entre um e dois anos para alcançar o litoral do Canadá, segundo Trudy Wohlleben, que descobriu o bloco de gelo na semana passada.

Até lá, há grandes possibilidades de que as águas mais quentes e as ondas maiores das tempestades do Oceano Atlântico o dividam em vários pedaços.

O iceberg, que é quatro vezes maior que a superfície da ilha de Manhattan, se desprendeu da geleira Petermann no noroeste da Groenlândia.

    Leia tudo sobre: iceberggroenlândiaaquecimento global

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG