Equipes se preparam para queimar petróleo no mar

Calcula-se que 9,5 milhões de litros de petróleo já vazaram no Golfo do México

AFP |

Equipes de emergência se preparam nesta quarta-feira para realizar uma queima controlada do petróleo derramado no Golfo do México, afirmando que o clima favorável permite a realização do procedimento, para proteger a costa sudeste dos Estados Unidos

"Calculamos que nenhuma área povoada será afetada pelas operações de queima controlada e não se prevê nenhum impacto nos mamíferos e tartarugas marinhas", explicou em comunicado o centro de informação da plataforma petroleira Deepwater Horizon (DHICIC, em inglês) que coordena a reação ao derramamento.

Os funcionários já realizaram uma queima controlada no dia 28 de abril, quando parte da mancha de petróleo ardeu durante 28 minutos, o que, segundo o DHICIC, eliminou com sucesso milhares de litros de petróleo do mar.

AP
Uma queima controlada já foi realizada no último dia 28, elimando milhares de litros de petróleo do mar
"Para garantir a segurança, a Agência de Proteção do Meio Ambiente (EPA) controlará continuamente a qualidade do ar e deterá o procedimento caso não possam ser mantidas as normas de segurança", explicou o comunicado.

Calcula-se que cerca de 9,5 milhões de litros de petróleo vazaram desde que a plataforma utilizada pela britânica BP afundou no dia 22 de abril, ainda em chamas dois dias após a explosão que matou 11 funcionários.

O ducto que conectava a plataforma à cabeça do poço está, agora, quebrado e a 1.500 metros de profundidade, expelindo petróleo a um ritmo de 800 mil litros por dia. 

    Leia tudo sobre: vazamentopetróleogolfo do méxicoeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG