Elefanta esmaga e mata tratador na China

Angya, que pesa três toneladas, estava na jaula com seu cuidador quando aconteceu o incidente

EFE |

Uma elefanta esmagou e causou a morte de seu tratador, um homem de 46 anos que tinha passado 20 trabalhando com ela, em um parque de vida selvagem no nordeste da China, informou nesta terça-feira (14) a imprensa do país asiático.

Angya, uma elefanta de 27 anos que pesa três toneladas, se encontrava em uma jaula com seu cuidador, Zhao Jidong, quando aconteceu o incidente. Os dois retornavam de uma atuação no parque de animais de Changchun, a capital da província de Jilin, fronteiriça com a Coreia do Norte, e era normal que Zhao acompanhasse o animal até a jaula, segundo a imprensa.

O diretor do parque, Mu Dejun, detalhou que a elefanta, após o acidente, cobriu o corpo da tratador com ervas e o acariciava com o trompa. Angya "era um animal gentil que nunca tinha causado problemas antes" e mantinha uma relação muito próxima com seu tratador, segundo responsáveis do parque, que ventilaram a possibilidade de o ataque do animal ter acontecido devido ao cansaço pela longa viagem.

    Leia tudo sobre: elefantecativeirochina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG