Embora desmate do último bimestre do ano seja 54% maior que mesmo período de 2010, a comparação não é válida por causa das nuvens

Desmatamento da floresta amazônica foi de 208 km2 nos meses de novembro e dezembro
Getty Images
Desmatamento da floresta amazônica foi de 208 km2 nos meses de novembro e dezembro
A Floresta Amazônica perdeu 208 km 2 nos meses de novembro e dezembro de 2011. A área corresponde a 25.212 campos de futebol. Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

No último bimestre de 2011, o Pará foi o Estado com maior derrubada de árvore (58,56 km2), seguido pelo Mato Grosso (53,81%) e Roraima (29,24%).

Embora índice represente uma aumento de 54% em relação ao mesmo bimestre de 2010, comparação não tem valor por causa da alta cobertura de nuvens nos dois períodos.

De acordo com o diretor de Políticas para o Combate ao Desmatamento do MMA, Mauro Pires, não é possível comparar os dados atuais aos do período de 2010 devido ao quantitativo de nuvem captado pelo satélite na época, de 74%.

A medida foi prejudicada pela cobertura das nuvens. No mapa de alertas de novembro, 47% da área da Amazônia Legal permaneceu encoberta pelas nuvens. No de dezembro, 44% da Amazônia estava coberta de nuvens, o que impediu a observação do sistema.

A derrubada de árvores do último bimestre do ano caiu 45,8% em relação ao desmatamento do mês de outubro de 2011. É importante ressaltar que no mês de outubro - quando 385.56 km 2 de desmatamento foram registrados pelo DETER - apenas 5% da Amazônia Legal estava encoberta por nuvens, diferente do cenário apresentado nos meses de novembro e dezembro com quase metade da área com cobertura de nuvens.

O INPE afirma que o período entre novembro e abril, que consiste na época de chuvas na Amazônia e se torna mais difícil a observação por satélites devido à intensidade de nuvens que cobrem a região.

Leia também:
Mudanças climáticas e desmatamento já alteram Amazônia
Desmatamento na Amazônia cai 11% em relação ao ano passado
Desmatamento revela desenhos no solo da Amazônia
New York Times diz ver risco de 'recaída na proteção da Amazônia'

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.