Descoberta nova espécie de caranguejo na ilha 'del Coco' na Costa Rica

Macho da nova espécie de crustáceo pode medir 40 cm com as patas dianteiras estendidas

AFP |

Cientistas da Costa Rica e dos Estados Unidos descobriram uma nova espécie de caranguejo terrestre gigante que habita a ilha 'del Coco', no Oceano Pacífico, e que é endêmica nesse território insular, informou nesta segunda-feira (20) o jornal La Nación.

A nova espécie, batizada Johngarthia cocoensis , foi observada por Robert Perger e Rita Vargas da Universidade da Costa Rica e Adam Wall do Los Angeles County Natural History Museum, destacou.

Segundo os cientistas, a principal característica do J. cocoensis é seu grande tamanho - um macho pode medir 40 cm com suas patas dianteiras estendidas (as fêmeas são menores).

Os caranguejos vivem na parte terrestre da ilha, em buracos que cavam no solo e se alimentam predominantemente de ervas e sementes.

Perger explicou ao jornal que esta nova espécie se asemelha, em vários aspectos, ao caranguejo denominado J. malpilensis , que habita as ilhas próximas, como a de Malpelo da Colômbia.

"A semelhança com outras espécies do Pacífico ocidental indica que puderam ter cruzado o oceano através das correntes marinhas", adaptando-se ao habitat até constituirem uma nova espécie.

A ilha del Coco, em frente ao litoral da Colômbia, mas no mar territorial da Costa Rica, possui um clima tropical úmido e uma grande diversidade de espécies animais.

    Leia tudo sobre: crustáceoscaranguejoscosta rica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG