Crocodilos invadem praia e assustam turistas no México

Autoridades afirmam que animais ficaram desorientados por causa de furacão

BBC Brasil |

selo

Getty Images
Com transbordamento de lagoa, animais acabam indo para o litoral
Dezenas de crocodilos abandonaram seu habitat natural em uma lagoa e invadiram um balneário mexicano, alarmando turistas, autoridades e donos de hotéis.

Os animais invadiram o balneário de Manzanillo (Estado de Colima), na costa do Pacífico mexicana, nadando próximo às praias mais procuradas pelos banhistas.

A Secretaria de Meio Ambiente afirma que os crocodilos estão desorientados porque o furacão Jova, que passou por Colima em outubro passado, afetou as áreas onde fazem seus ninhos.

Até agora, nenhum ataque foi relatado, mas as autoridades realizaram uma operação de resgate para retornar os animais a seu habitat, disse à BBC o diretor de Defesa Civil de Manzanillo, David Sánchez Nogales.

"Temos uma vigilância permanente nas praias. Capturar os crocodilos na água é muito difícil, por isso aguardamos até que estejam andando na areia", afirmou.

Leia mais:
Baleias-jubarte se aproximam de caiaque, nos EUA
Coala invade pub na Austrália e dorme no balcão
Vídeo: Canguru invade jardim de casa no oeste da Inglaterra

A maioria dos répteis voltou a seu local de origem, a lagoa do Vale das Garças, localizada há poucos metros do mar, mas isso ocorreu por uma razão mais natural: a temporada de inverno trouxe correntes frias no oceano, e os crocodilos foram buscar as águas mais quentes da lagoa.

Transbordamento
Em um só dia, o furacão Jova despejou 300 mililitros de chuva na costa de Colima, o equivalente a 300 litros d'água por metro quadrado.

Mais de 27 mil pessoas foram atingidas. O transbordamento de rios destruiu 22 pontes e danificou 340 km de estradas.

A lagoa do Vale das Garças, que fica a alguns metros do mar, foi particularmente afetada, segundo Sánchez Nogales.

"Ela se encheu de águas turbulentas, e as correntes transbordaram os canais", disse. "Muitos crocodilos acabaram arrastados pela cheia."

A inundação durou várias semanas. Nesse tempo, os répteis não puderam voltar à lagoa e permaneceram no mar.

Muitos turistas se alarmaram, e a Associação de Hoteis e Moteis de Colima exigiu que os animais fossem realocados.

Durante vários dias, equipes da Defesa Civil, policiais e fuzileiros navais percorreram as praias e baías da região, mas conseguiram capturar apenas um animal.
Os demais voltaram sozinhos a seu habitat. Nos últimos dias, eles não foram vistos nas praias.

Navios
Além de destino turístico, Manzanillo é o segundo maior porto do México, tendo aumentado a área de contêineres e de atracamento de navios nos últimos anos.

Organizações ambientais dizem que esta pode ser outra razão que levou os crocodilos para o mar, a busca por alimentos, pois algumas zonas de pântanos acabaram sendo afetadas pelas atividades do porto.

Enquanto isso, as autoridades advertem turistas e vizinhos de Manzanillo para que não se aproximem dos répteis. A administração local colocou cartazes com recomendações nas praias mais frequentadas.

Os crocodilos normalmente fogem dos seres humanos, mas se sentirem ameaçados, podem tornar-se perigosos, afirma o diretor da Defesa Civil.

    Leia tudo sobre: crocodiloanimais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG