Crocodilo do Papa viajará para Cuba como embaixador do 'meio ambiente'

Animal perde uma espécie ameaçada de extinção e entrou de forma ilegal na Itália

AFP |

AFP
O crocodilo de dois anos é da espécie "crocodylus rhombifer", ameaçada de extinção
Um jovem exemplar de crocodilo, nascido em Cuba e presenteado em janeiro ao Papa Bento XVI, voltará no dia 23 de março para a ilha como "embaixador do meio ambiente", por ocasião da viagem do Papa pela América Latina.

Em uma alegre cerimônia realizada no zoológico de Roma, os embaixadores de Cuba na Itália e na Santa Sé, Milagros Carina Soto Aguero e Eduardo Delgado, junto com um representante do Papa, designaram o crocodilo "embaixador de defesa do meio ambiente, da paz e da solidaridade".

O crocodilo de dois anos é da espécie Crocodylus rhombifer , ameaçada de extinção.

O animal de 60 centímetros, após um período de recuperação no Bioparque, será devolvido para sua terra natal.

O crocodilo entrou de forma ilegal na Itália, dentro de uma mala, escondido entre meias.

O réptil retorna para casa no mesmo dia que o papa desembarca no México, primeira etapa de sua viagem de seis dias na América Latina.

    Leia tudo sobre: zoológicocrocodilo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG