Compra de girafas causa polêmica no interior de SP

Vereador de Sorocaba faz campanha para zoo da cidade. ONG ambiental diz que isso incentiva tráfico internacional de animais

AE |

selo

Uma proposta visando a compra de três girafas para expor à visitação pública no zoológico municipal de Sorocaba, causa polêmica na cidade, a 92 km de São Paulo.

Em requerimento apresentado na Câmara o vereador Francisco Moko Yabiku (PSDB) disse que buscava atender aos pedidos de crianças que nunca haviam visto uma girafa ao vivo.

Ativistas dos direitos dos animais acreditam que a aquisição de espécies das savanas africanas incentiva o tráfico internacional. O Instituto Cahon, organização não-governamental de defesa dos animais, iniciou uma campanha na internet para barrar a compra.

Leia também:
Zebra faz 'amizade' com girafa em zoo inglês

Girafas, zebras e antílopes povoam o zoológico na Costa Rica

O vereador partiu para o contra-ataque mandando confeccionar outdoors em defesa da ideia com o tema: "Eu quero uma girafa no zoo de Sorocaba". Ele argumenta que a compra dos grandes mamíferos originários da África enriqueceriam o acervo do zoológico, que recebe quase um milhão de visitantes por ano.

"Uma pesquisa mostrou que a girafa é o animal que os sorocabanos mais querem ver." Ele disse que o zoo de Goiânia (GO) teve as visitas triplicadas depois que incluiu o animal em seu plantel. Segundo ele, a prefeitura já fez o projeto do recinto para abrigar os animais.

De acordo com o ativista Honno Marques, do Instituto Cahon, os R$ 144 mil que a prefeitura vai investir na compra das girafas poderiam ser usados em escolas e creches. "Não concordamos que se continue retirando animais das selvas africanas para serem transformados em objetos de exposição."

Na quarta-feira (28), a direção do zoológico convocou uma reunião entre o vereador e os ativistas para discutir o caso. O veterinário Rodrigo Teixeira lembrou que o zoo perdeu recentemente atrações importantes, como o camelo e o urso.

Ficou decidido que a aquisição só se efetivará se as girafas puderem ser doadas por outros parques ou zoológicos que tenham animais excedentes. Também foi admitida a troca com espécimes do zoo de Sorocaba.

    Leia tudo sobre: girafasanimaissorocaba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG