Compra de girafas causa polêmica em Sorocaba-SP

Ambientalistas afirmam que a aquisição de espécies das savanas africanas incentiva o tráfico internacional

AE |

selo

EFE
Vereador que fez a proposta de compra disse que atendeu ao pedido de uma criança que nunca viu uma girafa
A Prefeitura de Sorocaba (SP) deve ou não importar girafas para exibir ao público no zoológico municipal? A polêmica iniciada com o pedido de um vereador para a compra dos animais agora divide a cidade. De um lado, ambientalistas e ativistas dos direitos dos animais colhem assinaturas em abaixoassinado virtual a favor do não. Eles acreditam que a aquisição de espécies das savanas africanas incentiva o tráfico internacional.

De outro, crianças e visitantes do zoológico em luta pelo sim - muitos nunca viram uma girafa ao vivo. Na segunda-feira, 10, um grupo de escoteiros entregou ao prefeito Vítor Lippi (PSDB) documento com 14 mil assinaturas a favor da compra. Lippi disse que a aquisição ainda está sob análise. As girafas custariam R$ 114 mil.

O ativista Honno Marques, do Instituto Cahon, defende o uso do dinheiro para construir creches. "Não concordamos com a retirada de animais de seu habitat para serem usados como objeto de exposição". O ambientalista Gabriel Bitencourt, do Movimento em Defesa dos Direitos dos Animais (MDDA), faz coro. "Está na hora de repensarmos o papel dos zoológicos", disse. Já o vereador Francisco Moko Yabiku, autor da proposta de compra, disse que atendeu ao pedido de uma criança que nunca viu uma girafa. Ele instalou outdoor na cidade defendendo a vinda desses animais. A girafa, segundo ele, é o animal que os visitantes do zoo, que recebe 600 mil pessoas por ano, mais querem ver.

O médico veterinário Adauto Veloso Nunes, diretor do parque, diz que o zoológico de Sorocaba faz um trabalho de educação ambiental com escolas de mais de 80 cidades da região, além de pesquisas. "A primeira fertilização in vitro de onça pintada foi feita aqui". Ele contou que as girafas serão compradas de criadouros autorizados ou obtidas por meio de permuta com outros zoos brasileiros. A Câmara vai realizar uma audiência pública no próximo dia 18 para discutir a compra.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG