China quer reduzir em 17% as emissões de carbono até 2015

Anúncio da meta foi feito pelo primeiro-ministro Wen Jiabao ao parlamento chinês

AFP |

A China, maior emissor de gás carbônico do planeta, quer reduzir em 17% o volume das emissões de dióxido de carbono por unidade do Produto Interno Bruto (PIB) até 2015, anunciou o primeiro-ministro Wen Jiabao.

O consumo de energia por unidade do PIB deverá, por sua parte, diminuir 16% durante o 12º plano quinquenal (2011-2015), acrescentou o chefe Governo para os 3.000 delegados da Assembleia Nacional Popular (ANP), o Parlamento chinês.

"Em 2011, o consumo de energia por unidade do PIB deverá diminuir 3,5% e as emissões de CO2 cair aproximadamente 3,5% na comparação com o ano passado", destacou a Comissão Nacional para o Desenvolvimento e a Reforma, a agência de planejamento chinesa, em seu relatório anual aos deputados.

    Leia tudo sobre: Chinaemissões de carbono

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG