BP nega responsabilidade por nova mancha de óleo no Golfo

Petroleira afirmou que origem do novo vazamento de petróleo não é poço Macondo, que originou desastre ambiental no ano passado

AE |

selo

AFP
Imagem de satélite de 31/7/2010 mostra a extensão do vazamento de petróleo no Golfo do México
A petroleira britânica BP afirmou num comunicado que a nova mancha de óleo encontrada no Golfo do México aparentemente não vem de seus poços e definitivamente não foi originada pelo poço Macondo, fonte de um enorme vazamento na região em meados do ano passado. 

"Há reportagens afirmando que o poço Macondo está vazando e que a BP respondeu com barcos e barreiras de contenção. Nada disso é verdade. O poço foi fechado em 15 de julho de 2010, quando todo o fluxo de petróleo foi interrompido, e finalmente cimentado e selado em 19 de setembro de 2010. O poço está sendo monitorado", informou a petrolífera no comunicado. 

Segundo a BP, a Guarda Costeira dos EUA pediu na semana passada a várias operadoras com ativos no bloco 504 do campo de Canyon, no Golfo do México, para investigarem uma mancha que havia sido avistada no local. "Com base na nossa análise, aparentemente a mancha não vem de uma fonte da BP." 

A petrolífera disse também que na terça-feira (16) reportou às autoridades que foi responsável por uma mancha de óleo perto da plataforma Thunder Horse. "O volume foi extremamente baixo e veio da unidade de processamento de água da plataforma. As operações da Thunder Horse não foram afetadas e ajustes foram feitos no sistema de água". 

Nenhum desses eventos, porém, aconteceu na vizinhança do poço Macondo, segundo a BP.

    Leia tudo sobre: vazamentopetróleogolfo do méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG