BP já gastou US$ 8 bilhões com vazamento no Golfo do México

Acidente com plataforma de petróleo é o maior desastre ambiental da história dos Estados Unidos

BBC Brasil |

selo

A companhia petrolífera britânica BP afirmou nesta sexta-feira que seus gastos com o combate ao vazamento de óleo no Golfo do México já chegam a US$ 8 bilhões (cerca de R$ 14 bilhões).

Somente em agosto, a empresa alega ter gasto US$ 2 bilhões (R$ 3,4 bilhões). A BP já pagou US$ 399 milhões (R$ 680 milhões) aos afetados pelo desastre, segundo informa a companhia.

Em 20 de abril, uma explosão ocorrida em uma plataforma de exploração da BP no Golfo do México matou 11 funcionários.

Devido ao acidente, foi lançado ao mar, entre abril e julho, o equivalente a 4,9 milhões de barris de petróleo, causando grandes prejuízos à vida animal, ao turismo e à economia da região, no que é considerado o pior desastre já ocorrido com a exploração de petróleo no mundo.

Segundo a BP, os esforços para fechar permanentemente o poço estão progredindo bem. O fechamento definitivo está previsto para este mês.

Nessa quinta-feira, a BP removeu a tampa colocada sobre o poço em julho, o que vai permitir a substituição do dispositivo de prevenção de explosões que falhou em abril. Isto possibilitará a continuidade da perfuração de um poço auxiliar no local.

Segundo informa o jornal americano The New York Times nesta sexta-feira, a BP teme que não possa arcar com todos os custos do derramamento caso os Estados Unidos proíbam a empresa de obter novas permissões para a extração de petróleo em plataformas marítimas no país.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG