BP apresenta novo plano para retirar petróleo do Golfo

Empresa quer começar a recolher mais de 50 mil barris por dia até o fim do mês

EFE |

© AP
Banhistas na praia de Gulf Shores, Alabama, no dia 5 de junho, com uma mancha de óleo a poucos metros de distância
A empresa British Petroleum (BP) enviou hoje ao Governo dos Estados Unidos um novo plano para aumentar a captação do petróleo no Golfo do México, no mesmo dia em que o presidente Barack Obama inicia sua quarta visita à região.

O Governo americano tinha dado até sexta-feira para que a BP apresentasse um plano eficaz para a contenção do vazamento e a coleta do petróleo derramado desde 20 de abril, e um funcionário da Casa Branca indicou que a empresa respondeu.

"Depois que o Governo indicou que atuasse com maior rapidez, a BP está acelerando os esforços para conter o vazamento de petróleo", assinalou o funcionário. "Agora esboçaram um método para conter mais de 50 mil barris de petróleo por dia até o fim de junho, duas semanas mais cedo que o sugerido inicialmente".

Veja a evolução do vazamento do Golfo do México no infográfico do iG

Um comunicado da BP explicou que a empresa, que já gastou US$ 1,6 bilhão na contenção, começará a captar petróleo e gás em um navio por meio de um encanamento.

Até o fim de junho deverá entrar em operação um sistema "permanente e flexível" com encanamentos flutuantes, e "se desenvolvem planos para melhorar estes sistemas e também para ampliar as opções que forneçam uma capacidade e flexibilidade de contenção adicional de acordo com o requerido pela Guarda Litorânea dos Estados Unidos", acrescentou o comunicado.

Estes planos permitiriam a contenção de mais de 7,5 milhões de litros diários de petróleo até o fim de junho, mais de dois meses depois da explosão, que provocou o afundamento da plataforma e na qual morreram 11 trabalhadores.

Atualmente, a BP está contendo 2,4 milhões de litros diários e alguns cálculos do Governo dos Estados Unidos assinalam que do poço aberto emanam 7,9 milhões de litros de petróleo por dia.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG